Tel:253 278 281 Tlm:96 53 56 636 Fax:253 213 958 Email:info@jovemcoop.com

Notícias


Vamos ter Parque entre 18 ha a 20 ha, mas...será verde?

Sete Fontes








retirado do "Diário do Minho" de 10/12/2010






retirado do "Correio do Minho" de 10/12/2010



As notícias que estão em destaque nos principais órgãos de comunicação escrita de Braga dão conta que as Sete Fontes, além da classificação de Monumento Nacional, vão ser, também, um Parque de, pelo menos, 18 ha. Este número pode ainda aumentar, caso as negociações entre a CMB e a Administração do Novo Hospital de Braga cheguem a acordo para a cedência de, pelo menos, mais 2 ha.

Convém lembrar que em 1995, a ASPA solicitou a classificação deste monumento, que, à data, estava situado no meio de campos.

Em 2001, a CMB, ao rever o Plano Director Municipal, tornou toda aquele local ruralizado em área de alta densidade de construção. Uma das Mães de Água foi destruída e deu lugar a um prédio.

No ano 2003, após visita ao Complexo das Sete Fontes, o Secretário de Estado da Cultura de então solicitou a agilização do processo de classificação e acabou por se conseguir a Homologação como Monumento Nacional.

Assim que se confirmou a localização do Novo Hospital na zona das Sete Fontes, ocorreram várias acções de lesa património, onde se destruíram muros - sobretudo na Mina dos Órfãos, fracturaram-se padieiras, cortaram-se árvores de grande porte, fizeram valas e buracos que destruíram registos arqueológicos e fechou-se toda uma mina - a Mina do Dr. Amorim - que devido à construção do Novo Hospital estava em risco de abater.

Sempre defendemos as Sete Fontes como local que pode relançar os modelos de urbanismo e planeamento da cidade de Braga. E sempre que afirmamos isto, colocavam-nos a hipótese de haver um "Corredor Verde", ladeado por construções e mais edificações.

Hoje, esta notícia merece destaque, não tanto pelas palavras do Presidente da Câmara Municipal de Braga, mas sim pela força da população. A população mobilizou-se, deu sinais à CMB e deu ideias. Felizmente a CMB ouviu as ideias e pegou neste belíssimo local e vai transforma-lo num Parque...esperemos que seja um PARQUE VERDE e que estas palavras não sejam subterfúgios nem mentiras para acalmar a população e deitar-lhe areia para os olhos.

Desde já, se realmente lá for criado um Parque Verde transmitimos aqui os nossos parabéns à CMB por ouvir a população e FELICITAMOS os peticionários pela força com que lideraram este processo.



data: 22-11-2010

voltar